GRUPO DE TRABALHO | Fonte: Assessoria de Comunicação do Cremepe

Cremepe reúne chefias dos serviços de emergência pediatria

IMG_9681O Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) reuniu em Assembleia Extraordinária Geral (AGE), na última quinta-feira (11/05), as diretorias das emergências de média e alta complexidade pediátricas de Pernambuco, a secretaria Municipal do Recife, secretaria Estadual de Saúde, Central de Regulação de Leitos e o Sindicato dos Médicos, na sede da entidade, no Espinheiro.

O objetivo do encontro foi discutir a situação das emergências, levando em consideração as fiscalizações e denúncias ao Simepe e buscar alternativas para sanar os déficits. A deliberação da AGE foi a criação de um Grupo de Trabalho (GT) que terão reuniões frequentes, no Cremepe, para traçar estratégias e curto, médio e longo prazo afim de diminuir e sanar os déficits nas escalas de plantão, sobrecarga profissional, segurança em alguns serviços, fechamento de leitos e até questões relacionadas a transferência de pacientes, sobretudo do interior do Estado e das Unidades de Pronto Atendimento.

O Conselheiro e pediatra, Fernando Oliveira, que irá assumir a coordenação do GT pelo Cremepe explicou que as reuniões serão para traçar e acompanhar estratégias nos serviços e os principais pontos devem ser as escalas de plantão, segurança e fechamento de leitos. “O que não pode mais acontecer é sabermos que, por exemplo, o Helena Moura atende seis mil pacientes e a escala não está completa, temos que traçar estratégias e políticas publicas para o nosso paciente que tá na ponta”, disse Oliveira.

O grupo de trabalho será formado por representantes do Hospital Helena Moura, Hospital Geral de Areias, IMIP, Hospital Barão de Lucena, central de regulação de leitos e secretarias de saúde do Recife e Pernambuco. Na sequencia, o Cremepe convocará os serviços de pediatria dos municípios vizinhos – Paulista, cabo, Jaboatão entre outros – e interior do Estado.

1 comment
    • ALUÍZIO GOMES FILHO 16 de maio de 2017 - Reply

      A situação da Pediatria do Hospital Dom já é grave faz muito tempo, com sobrecarga de trabalho, escalas incompletas, problemas com transferências ( 1 ambulância apenas no hospital), entre outros.
      Espero que sejamos lembrados, pois o problema se arrasta há anos e a população e os profissionais que atuam aqui é que sofrem as consequências. Para ter uma ideia atualmente só temos 04 Pediatras na escala de plantão que são do quadro da SES.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings