SOLENIDADE | Fonte: Assessoria de Comunicação do Cremepe

Cremepe participa da formatura dos residentes da prefeitura

IMG_9800O presidente do Cremepe, André Dubeux, participou da solenidade de formatura dos residentes dos programas de Residência em Saúde da prefeitura do Recife. A solenidade aconteceu na tarde da última sexta-feira (19/05), no auditório do Banco Central, na rua da aurora. Na ocasião, formaram-se 183 residentes.

Para o presidente do Conselho esse foi um momento de valorização do “nosso” sistema de saúde. “O SUS foi a maior conquista social desde 1988 e está solenidade ratifica a nossa ideia de solidificar o Sistema Único de Saúde”, disse. Ele também falou sobre a importância a questão humanística na saúde que deve ser colocada em primeiro patamar e destacou a comunicação profissionais e pacientes. “A linguagem não deve ser colocada em segundo plano, não deixem de conversar com seus pacientes porque SUS é viável”, finalizou Dubeux.

Na sequência foram feitas homenagens aos preceptores e a residente de enfermagem obstétrica, Laura Tenório, discursou sobre a necessidade de uma assistência centrada no povo e o papel do residente no Sistema Único de Saúde (SUS). “Somos responsáveis por garantir aos usuários que os seus direitos sejam garantidos e respeitados através de um cuidado longitudinal e transversal na perspectiva da integralidade em saúde, pois ser residente é uma estratégia politica de ação é estar junto com o povo fazendo frente as desigualdades sociais, para isso, precisamos nos indagar diariamente : Que caminhos temos que promover a emancipação?”, disse a residente. E concluiu com o agradecimento final e o poema “Todo Risco” de Damário Cruz.

Por fim, o secretário de Saúde do Recife, Jaílson Correia, sentindo-se honrado, falou da alegria de formar aqueles profissionais e da importância dos programas de residência serem multiprofissionais. “Uma das características mais importantes destes programas é o fato de poderem ser construídas na visão do trabalho multiprofissional e multidisciplinar, respeitando os espaços e resoluções, mas a capacidade de construir coletivamente”, explicou Jailson.

Ao final, foi feita a foto oficial dos formandos e a entrega dos diplomas e placa de conclusão.

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings