VIDA URBANA | Fonte: DIARIO DE PERNAMBUCO

Segue luta para financiar transplante de David Nilo

A corrida para garantir o transplante do intestino do auditor David Nilo da Silva, 35 anos, não para. Foi iniciada ontem mais uma etapa da campanha Todos com David.

Estão sendo vendidos, na sede da Defensoria Pública de Pernambuco, vasos de barro pintados, nos quais foram plantadas mudas de minimargaridas. O objetivo é arrecadar dinheiro para custear a manutenção do paciente, que precisa fazer o procedimento nos Estados Unidos, e de sua família, que o acompanhará por cerca de dois anos naquele país. A iniciativa foi da defensora pública aposentada Mônica Amaral Barros, que contou com o apoio da defensora Ludja Rocha Ribeiro. Os vasos são vendidos por R$ 100 cada um. Também ontem, foram empossados cinco novos defensores públicos do estado.

Na semana passada, David e sua família receberam a notícia de que a liminar que determinava ao governo federal arcar com os custos do procedimento cirúrgico havia sido cassada pelo desembargador da 12ª Vara da Justiça Federal, Élio Wanderley da Silva. O auditor vive preso a uma máquina e precisa realizar o procedimento o mais rápido possível. Embora muita gente já tenha ajudado, de acordo com a esposa de David, Isabella Nilo, o dinheiro que eles conseguiram ainda não é suficiente para o período no exterior.

Acompanhada da filha Ana Beatriz, Isabella esteve ontem na Defensoria Pública. Ela contou que está sendo realizado um bazar e que a família tem esperança de que o procedimento seja autorizado. “A liminar que saiu na semana passada determinou que David deve ser avaliado por uma junta de médicos especialistas em intestino, em são paulo, o que ainda não aconteceu. Temos fé que ele vai conseguir fazer o procedimento nos Estados Unidos, mas ainda precisamos de mais ajuda para passar esse tempo fora do Brasil”, declarou Isabella, que está recebendo o apoio da Defensoria Pública de Pernambuco.

David Nilo descobriu uma isquemia intestinal em 21 de junho deste ano e, em consequência do quadro, perdeu o intestino delgado e parte do grosso. Atualmente, está sendo tratado em casa por home care, se alimentando pela veia. Ele fez uma cirurgia bariátrica há três anos, o que pode ter levado ao quadro, considerado raro. A isquemia intestinal, como outras isquemias, tais como derrame (cérebro) e infarto (coração), ocorre pela falta de sangue no órgão. Geralmente, é ocasionado por doenças como diabetes e hipertensão ou por maus hábitos, como fumo. Por isso, são mais comuns em idosos.

Após a perda do intestino, existem dois caminhos: conviver com a nutrição pela veia (uma vez que há a falência do órgão e a alimentação pela boca fica inviável) ou fazer o transplante. No Brasil, não há protocolo do Ministério da Saúde para a realização do transplante. No próximo dia 23, familiares e amigos de David realizarão mais um bazar onde estarão à venda roupas, sapatos e acessórios. Será na Igreja Presbiteriana da Madalena e acontecerá das 9h às 17h.

Serviço

Como ajudar David

Banco do Brasil
Ag 0697-1
Poupança 67.615-2
Variação 51

Caixa
Ag 2348
Poupança 2096-6
Operação 013

Bradesco
Ag 6327-4
Poupança 1000636-8

Favorecido David Nilo da Silva
CPF: 038.050.844-39

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings