COTIDIANO | Fonte: Folha de Pernambuco

HC inaugura hoje pacote de melhorias

O Hospital das Clínicas (HC) da UFPE promove uma série de inaugurações hoje, às 15h. Serão oficialmente apresentados os equipamentos de PET Scan e Ressonância Magnética, itens há anos aguardados pela população assistida pelo SUS pernambucano. Além disso, foram reformadas quatro salas do Centro Cirúrgico Ambulatorial e requalificado e ampliado o bloco cirúrgico do hospital, que passa de seis para dez salas de operação. Para o pacote de melhorias da unidade foram investidos R$ 113 milhões. São aguardados no ato oficial o ministro da Educação, Mendonça Filho, o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Kleber Morais, e o reitor da UFPE, Anísio Brasileiro.

“Esse conjunto de ações representa o pleno funcionamento dos equipamentos e instalações do Hospital das Clinicas, ampliando o serviço nas áreas cirúrgica e diagnostica, prestando assistência à população e proporcionando melhoria ao ensino e à pesquisa”, explicou o superintendente do HC-UFPE, Frederico Jorge Ribeiro. O presidente da Ebserh, Kleber Morais destacou que a empresa encarou o desafio de “tirar equipamentos da caixa e criar as condições para oferecê-los de forma rápida à sociedade”, citando como exemplo a situação das máquinas de diagnósticos.

A ativação do equipamento de PET Scan era muito esperada, pela alta tecnologia envolvida no enfrentamento ao câncer. O aparelho realiza a detecção precoce, diagnóstico, acompanhamento e tratamento de neoplasias e de outras doenças, possibilitando uma visualização eficaz do metabolismo celular. O equipamento é o único em um hospital público do Estado. Segundo, a assessoria de Comunicação do HC, o PET Scan começou a funcionar no final de março deste ano e já atendeu 75 pessoas. Hoje, 16 pessoas aguardam para fazer o exame. E a capacidade da máquina é 16 testes por semana.

Sobre as salas cirúrgicas ambulatoriais, a reforma foi concluída no final de maio e, para selar o reinicio das atividades, a Ebserh realizou um mutirão de operações em crianças. Esse espaço é dedicado a cirurgias de pequeno porte. Para os procedimentos mais complexos, o HC agora contará com a completa capacidade do bloco cirúrgico, que desde sua construção, em 1979, poderia comportar dez salas, mas só funcionava com seis.

Tags :
Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings