CIDADES | Fonte: Jornal do Commercio

Centro de oncologia suspende serviços

O Centro de Oncologia Dr. Muccini (Ceonco), em Petrolina, Sertão de Pernambuco, anunciou ontem a suspensão dos atendimentos por tempo indeterminado devido ao atraso no repasse da verba pelo governo do Estado. A unidade, mantida pela Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (Apami), está sem realizar consultas ambulatoriais, internações, tratamentos quimioterápicos e distribuição de outros medicamentos indicados no tratamento do câncer. Cerca de 1,7 mil pessoas que dependem do acompanhamento do Ceonco permanecem sem assistência. Fontes ligadas à Apami (entidade filantrópica) alegam que o Estado está há três meses consecutivos sem efetuar o pagamento à instituição.

A dívida é de, pelo menos, R$ 2,2 milhões, além do valor acumulado do atraso na liberação do repasse mensal extrateto. Com a falta de verba, o Ceonco está sem condições de adquirir medicamentos quimioterápicos e outras drogas essenciais para o paciente com câncer. Além de oferecer assistência a moradores de Pernambuco, o Ceonco atende demandas de outros Estados, como Piauí e Bahia. São quase 60 municípios que fazem parte da área de abrangência da unidade.

O atraso dos salários dos funcionários também é uma consequência dessa crise. A folha salarial de dezembro não foi paga. A unidade atende, em média, 100 pacientes por dia e 45 crianças com a doença por mês. As cirurgias não foram suspensas, pois continuam a ser realizadas no Hospital Dom Malan, também em Petrolina. A Apami notificou a Secretaria Estadual de Saúde (SES) sobre a suspensão dos atendimentos. As portas voltarão a ser abertas com base no que for negociado, segundo informou uma fonte ligada à entidade.

Em nota, a SES destaca que reconhece a Apami como parceira na ampliação do Sistema Único de Saúde (SUS) na Região do Sertão do São Francisco e frisa que, “mesmo diante do cenário de dificuldades que atinge todo o País, tem se esforçado para fazer pagamentos à instituição”.

A pasta garantiu que ontem já foi efetuado um repasse financeiro à associação. “A SES reitera ainda que tem mantido o diálogo para que a situação seja resolvida de maneira rápida e responsável.”

Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings